AÇO FERRAMENTA – AISI-P20

Clique aqui e faça o DOWNLOAD completo

GENERALIDADES

Os aços tipo GGD P20 e GGD 2738 são os mais utilizado para a confecção de moldes de injeção de plásticos em geral. Fornecido no estado beneficiado (temperado e revenido) possui excelente propriedades mecânicas. Especialmente importante para este segmento, possui boa polibilidade e resposta a texturização. A confecção de moldes de grandes dimensões pode ser realizada com facilidade devido sua alta usinabilidade e homogeneidade de dureza ao longo de seções transversais elevadas. Para espessuras  acima de 400mm , é indicado o uso do W. Nr. 1.2738, principalmente para o aço GGD 2738.O aço GGD P20SM é uma variação disponível pela GGD especialmente desenvolvida para moldes de pequenas dimensões, particularmente com espessuras máximas de 200mm.

Composição Química – C(0,36) • Si(0,50) Mn(0,80) Cr(1,70) Mo(0,40) Ni()
Condições de Fornecimento – com dureza aproximada de 250 HB. Fornecido no estado temperado e revenido com dureza entre 28 – 34 HRC.

APLICAÇÕES

É utilizado em moldes de injeção de plásticos dos mais variados tipos, mas de baixa ou média abrasividade. Moldes para formação por sopro. Nunca utilizar em moldes de plásticos clorados. Em certas circunstâncias pode ser utilizado em fundição de ligas não-ferrosas.

TRATAMENTO TÉRMICO

Alívio de Tensões:Em ferramentas de formas complexas, com remoção heterogênea de material na usinagem de desbaste, mudança brusca de seções, etc., deve ser realizado o tratamento de alívio de tensões para minimizar variações dimensionais. O tratamento deve ser feito na temperatura de 550ºC por no mínimo 1 hora para cada 25 mm e a seguir resfriar ao ar calmo.

Têmpera: Durante o aquecimento para a austenitização deve ser realizado pré-aquecimento para garantir uma homogeneidade de temperatura e minimizar distorções. Pré-aquecer em temperatura próxima de 550ºC. Austenitizar em temperatura entre  815 – 870ºC. Aquecer por 1 hora para cada 25 mm de espessura e adicionar 1 hora para cada 25 mm adicionais. Resfriar preferencialmente em óleo pré-aquecido em torno de 70ºC, sob agitação.

Revenimento: Deve ser realizado imediatamente após a têmpera quando a temperatura atingir cerca de 70ºC. A temperatura de revenimento deve ser selecionada de acordo com a dureza especificada. Para este aço revenir preferencialmente em temperaturas próximas de 600ºC para atingir o nível de dureza desejado, geralmente entre 28 – 33 HRC. Para isto utilizar a curva de revenimento abaixo. Manter na temperatura de revenimento por no mínimo 1 hora para cada 25 mm de espessura e utilizar no mínimo duplo revenimento. Utilizar um tempo mínimo de 2 horas e realizar no mínimo dois revenimentos.

Têmpera a partir de 850ºC. Revenimentos duplos de 2 horas cada.

Nitretação: Este aço pode ser nitretado para elevar a resistência ao desgaste pelo endurecimento superficial. A nitretação pode levar ou não a formação da Camada Branca, entretanto a presença da camada branca irá conferir maior resistência ao desgaste.
A dureza máxima após a nitretação é da ordem de 900 – 1000HV, dependendo da dureza inicial após o beneficiamento.

Bitolas de Fornecimento: